Loading…

Ombro - Ortopedia para Idosos

Cirurgia da Mão

Lesões do Esporte

São Paulo - Capital - Vila Mariana

  • 0
  • 1
  • 2
  • 3

Cirurgia de Cotovelo

Cirurgia de Cotovelo

Também denominada cotovelo do tenista é uma doença dos tendões da musculatura extensora do antebraço.

Cirurgia de Ombro

Cirurgia de Ombro

Desordens dolorosas no ombro são muito comuns e apresentam uma incidência de 9,5 por 1000 pacientes.

joelho

Joelho e Quadril

Osteoartrite é uma condição comum que muitas pessoas desenvolvem durante a meia idade ou mais velhos.

Especialidades e Horários

  1. Joelho e Quadril
  2. Mão e Punho
  3. Ortopedia e Traumatologia
  4. Ombro e Cotovelo
  5. Trauma Ortopédico
Dr Marcus Luzo mini 1

Dr. Marcus Vinicius Malheiros Luzo (Especialista em Joelho e Quadril)

Quarta das 14h às 18h30 | Sexta das 08h40 às 11h50


Graduação em Medicina pela Escola Paulista de Medicina (1983-1988), Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia pelo Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Escola Paulista de Medicina (1989-1991), Curso de Especialização em Medicina Desportiva pela Escola Paulista de Medicina (1990), Especialização em Cirurgia do Joelho e Artroscopia pela EPM (1992), realizou Mestrado no Programa de Pós- Graduação em Ortopedia e Traumatologia da EPM-UNIFESP (1995-1997) e Doutorado (1998-2002). Obteve o Titulo de Professor Afiliado modalidade Ensino/Assistência (2012).Professor Adjunto exercendo o cargo de Coordenador da Graduação do Departamento de Ortopedia e Traumatologia na EPM (2012), exerce a função de Chefe do Grupo do Joelho e Artroscopia da Disciplina de Ortopedia do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da EPM-UNIFESP (2013). Presidente da Sociedade Brasileira de Cirúrgia do Joelho (SBCJ) (2015-2016), Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), Membro Titular da Sociedad Latinoamericana de Artroscopia Rodilla y Traumatología Despotiva (SLARD), Membro Titular da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Trauma do Esporte (SBRAT), Membro da International Society of Arthroscopy, Knee Surgery and Orthopaedic Sports Medicine (ISAKOS), Membro da American Academy of Orthopaedic Surgeons (AAOS). Projetos de Pesquisa no tratamento da degeneração articular do joelho. Atua na Ortopedia e Traumatologia, Cirurgia do Joelho e Artroscopia, nos seguintes temas: traumatologia esportiva, artroscopia, joelho degenerativo, lesões ligamentares do joelho, tendíneas e artroplastias.

dr joao carlos belloti-mini

Dr. Joao Carlos Belloti (Especialista em Mão e Punho)

Terça das 14h às 18h | Quinta das 08h às 12h


Mestrado Acadêmico (1999) e Doutorado (2005) em Ciências, realizado no Programa de Pós-graduação em Ortopedia e Traumatologia pela Universidade Federal de São Paulo. Mestre Profissional em Efetividade em Saúde Baseada em Evidências pela Universidade Federal de São Paulo (2003). Professor adjunto do Departamento de Ortopedia e Traumatologia (2010). Pesquisador CNPq II (2013-2016). Atua como médico da Disciplina de Cirurgia da Mão e Membro Superior na Universidade Federal de São Paulo, tendo atuação com maior ênfase nos seguintes temas: cirurgia da mão e do membro superior, fraturas, fratura da extremidade distal do rádio e artrose. Em 2010 foi efetivado como Professor Orientador do Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Translacional da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo, sendo pesquisador na área de concentração Qualidade como Método de Avaliação e linha de pesquisa: Medicina Baseada em Evidências.

dr-arlindo-cezar-granado-min

Dr. Arlindo Cezar Granado (Ortopedia e Traumatologia)

Segunda das 08h às 12h | Terça das 08h às 12h | Quinta das 14h às 18h


Graduado em Medicina pela Universidade Sul Fluminense (1988), Residência médica e especialista em Ortopedia e Traumatologia (1989-1991) e Residência médica e especialista em Cirurgia do Joelho (1991-1992) pela Escola Paulista de Medicina – UNIFESP. Foi colaborador do Grupo do Joelho da UNIFESP (1993-1995). Atua como Médico Ortopedista no Hospital do SEPACO desde 1993, onde também ocupa o cargo de Coordenador do Serviço de Ortopedia (desde 1997). É sócio do Centro Paulista de Ortopedia e Traumatologia desde 1993.

dr marcel j s tamaoki-mini

Dr. Marcel J. S. Tamaoki (Especialista em Ombro)

Sexta das 12h às 17h30


Possui graduação pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo (1998-2003), Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia (2005-2007) pela EPM-UNIFESP, com obtenção do Título de Especialista (TEOT-SBOT); Especialização Lato Sensu em Cirurgia do Ombro e Cotovelo (2008) na Disciplina de Disciplina de Cirurgia da Mão e Membro Superior da EPM-UNIFESP. Realizou Doutorado pelo Programa de Pós-graduação em Cirurgia Translacional da Unifesp, com bolsa Demanda Social da Capes (2009-2011) e atualmente realiza o Pós-doutorado, com bolsa de estudos REUNI/Capes. Sua Linha de Pesquisa envolve a Medicina Baseada em Evidências e o desenvolvimento de Ensaio Clínicos, principalmente ligado aos temas das afecções ortopédicas e traumatológicas do membro superior. Orientador do Programa de Pós-graduação em Cirurgia Translacional (Capes nota 6) e Professor Orientador do Programa de Mestrado Profissional ligado a Residência Médica (Escola Paulista de Medicina). Suplente de Supervisor no Programa d Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia da EPM-UNIFESP (2012-2013). Revisor (Peer Review) do Journal of Scientific Research and Reports (ISSN: 2320-0227, open acess). Professor Adjunto, nível A1, com lotação na Disciplina de Cirurgia da Mão e Membro Superior do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Escola Paulista de Medicina da UNIFESP.

Fratruras da Extremidade Distal do Rádio

A fratura da extremidade distal do rádio é assunto muito estudado e debatido na traumatologia ortopédica. Talvez nenhuma fratura do sistema musculoesquelético tenha sofrido mudança tão radical do paradigma de manejo, motivada pelo aumento da sobrevida da população e da evolução dos métodos de fixação interna de fraturas.
 
   O tratamento evoluiu nas últimas duas décadas, nos quais os métodos de fixação interna das fraturas foram postos à prova, e, inclusive para as fraturas da extremidade distal do rádio.
A fratura da extremidade distal do rádio é freqüente nos pacientes adultos, após a quarta década da vida, perfazendo cerca de 10 a 20% de todas fraturas atendidas na emergência.
A freqüência destas fraturas é bimodal e envolve pacientes jovens, que se apresentam com lesões decorrentes de traumas de alta energia (acidentes de trânsito, acidentes de trabalho) e/ou resultado de atividades desportivas ou recreacionais. No outro polo, caracterizam-se as fraturas decorrentes da fragilidade óssea. Essas fraturas têm como fator contribuinte a osteoporose e caracteristicamente são produto de trauma de baixa energia, mais freqüentes em idosos do sexo feminino. 

 

Tratamento:

Muitas destas fraturas são estáveis e assim podem ser tratadas conservadoramente com redução incruenta e imobilização gessada. Entretanto, devemos nos atentar para fatores como: idade avançada e fragilidade óssea, traumas de alta energia, incongruência articular, lesões associadas e grandes desvios são fatores que nos servem de alerta quanto a possibilidade de instabilidade e impossibilidade de manutenção da redução da fratura.

   O manejo conservador de fraturas que apresentam personalidade instável, e, que freqüentemente necessitam de manobras de redução agressivas e a manutenção de imobilização em posição de Cotton-Loder (Flexão acentuada e desvio ulnar do punho) é contra-indicado, pois podem resultar em rigidez, distrofia simpático reflexa, síndrome compartimental e potencial risco de compressão do nervo mediano, eventos totalmente injustificados atualmente.

            Nos últimos anos, temos assistido a um grande avanço nos estudos de novas técnicas de fixação externa e interna. Os novos conceitos de fixação percutânea, o refinamento da aplicação dos fixadores externo, e de placas para fixação interna têm proporcionado uma melhora considerável em nosso arsenal terapêutico, particularmente para as fraturas instáveis do rádio distal.

             

LEIA MAIS: - Treatment of reducible unstable fractures of the distal radius: randomized clinical study comparing the locked volar plate and external fixator methods: study protocol. Raduan Neto J, de Moraes VY, Gomes Dos Santos JB, Faloppa F, Belloti JC. BMC Musculoskelet Disord. 2014 Mar 5;15:65. doi: 10.1186/1471-2474-15-65. - The IDEAL classification system: a new method for classifying fractures of the distal extremity of the radius - description and reproducibility. Belloti JC, dos Santos JB, de Moraes VY, Wink FV, Tamaoki MJ, Faloppa F. Sao Paulo Med J. 2013;131(4):252-6. doi: 10.1590/1516-3180.2013.1314496. - Treatment of reducible unstable fractures of the distal radius in adults: a randomised controlled trial of De Palma percutaneous pinning versus bridging external fixation. Belloti JC, Tamaoki MJ, Atallah AN, Albertoni WM, dos Santos JB, Faloppa F. BMC Musculoskelet Disord. 2010 Jun 29;11:137. doi: 10.1186/1471-2474-11-137. - Does an ulnar styloid fracture interfere with the results of a distal radius fracture? Belloti JC, Moraes VY, Albers MB, Faloppa F, Dos Santos JB. J Orthop Sci. 2010 Mar;15(2):216-22. doi: 10.1007/s00776-009-1443-7. Epub 2010 Apr 1 - Fractures of the distal radius (Colles\\\' fracture). Belloti JC, Santos JB, Atallah AN, Albertoni WM, Faloppa F. Sao Paulo Med J. 2007 May 3;125(3):132-8. - Are distal radius fracture classifications reproducible? Intra and interobserver agreement. Belloti JC, Tamaoki MJ, Franciozi CE, Santos JB, Balbachevsky D, Chap Chap E, Albertoni WM, Faloppa F. Sao Paulo Med J. 2008 May 1;126(3):180-5.


Nossa equipe

dr-arlindo-cezar-granado-min

Dr. Arlindo Cezar Granado

Especialista em Joelho e Quadril
Ver curriculum Lates Dr. Arlindo Cezar Granado
 
dr joao carlos belloti-mini

Dr. Joao Carlos Belloti

Especialista em Mão e Punho
Ver curriculum Lates Dr. Joao Carlos Belloti
dr marcel j s tamaoki-mini

Dr. Marcel J. S. Tamaoki

Especialista em Ombro e Cotovelo
Ver curriculum Lates Dr. Marcel J. S. Tamaoki
Dr Marcus Luzo mini

Dr.Marcus Vinicius Malheiros Luzo

Especialista em Joelho e Quadril
Ver curriculum Lates Dr.Marcus Vinicius Malheiros Luzo

Convênios associados

plano Dix saúdeplano Medial Saúdeplano Cassiplano Amilplano Mediserviceplano Economusplano SulAméricaplano Porto Seguro